Header Ads

[ Review ] Blood City



Sobre o Jogo

Desenvolvido pela WJLEGAME, "Blood City", também chamada de Demons Temple, é um local com falsas regras impostas pelo Deus Dillas. Não suportando as divergências de ideais, o Mestre do Mal e também Comandante de Dillas, resolve fugir de Blood City.
Agora, cabe a você, ajudar o comandante nessa aventura, enfrentando os mais diversos desafios que o aguardam em busca de sua liberdade.




Gameplay

As mecânicas do jogo são bem simples, elas variam entre atacar, pular e investida. É possível jogar tanto no teclado quanto no controle, mas recomendo utilizar o que for mais confortável pra você.
Durante a aventura, com exceção dos chefões finais, seus maiores desafios serão obstáculos como plataformas flutuantes, feixes de luz e muitos fendas entre uma plataforma e outra, onde você precisará usar a cabeça pra conseguir passar.
O objetivo é bem simples, você só precisa passar por todas as fases e derrotar os chefões, não tem segredo. Uma dica que eu posso dar é que, em cada inicio de fase você pega um bloco com um ponto de interrogação, esses blocos te dão 1 de 5 poderes aleatoriamente, então quando você conseguir o "raio" não pegue mais os blocos com ponto de interrogação, esse é o melhor poder dele.




Audiovisual

Blood City é um clássico 2D de aventura, com gráficos ricos em cores e qualidade (me lembra muito as DG's de Super Mario World), a trilha sonora muda a cada fase e também quando você enfrenta os chefões, dando um clima diferente para cada cenário. Mas, o que me chamou muito a atenção foram os cenários de fundo, sempre em movimento e um melhor que o outro, quando vocês jogarem vão saber do que eu to falando.




Conclusão

Blood City me fez lembrar muito as DG's de "Super Mario World". Os cenários, as músicas, os desafios e as criaturas bizarras, tive uma nostalgia muito agradável com o jogo e acredito que pra quem curte um game old school vai se divertir bastante, a única coisa que pode deixar o publico um pouco insatisfeito é a baixa quantidade de fases.


Pontos Positivos

- Belos cenários
- Jogabilidade simples
- Elementos nostalgicos


Pontos Negativos

- Bugs de blocagem
- BUgs de Cenário
- Bugs no algorítimo dos chefões


NOTA FINAL 7 / 10


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.